> Alternativa de Confiança

Bem-vindo ao meu blogue na internet! Sou o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Valongo e neste espaço pretendo estabelecer um elo de comunicação com todos os munícipes do concelho. Os principais desenvolvimentos da candidatura serão aqui relatados. Conto, desde já, com o contributo de todos para a discussão das ideias e dos temas que fazem parte do quotidiano dos Valonguenses. Desejo, por isso, que este blogue seja um espaço de partilha das nossas preocupações, das nossas angústias e das nossas ambições quanto ao futuro do concelho de Valongo. Procuraremos, em conjunto, encontrar as soluções e o caminho a seguir, estabelecendo um diálogo permanente com todas e todos os que acreditam que é possível construir uma verdadeira alternativa – uma alternativa de confiança - para mudar o nosso concelho.

Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

Serviços públicos e desemprego na ordem do dia

 

A CAMPANHA ELEITORAL NO CONCELHO
Bloco de Esquerda: Eliseu Pinto Lopes no Centro de Emprego e Tribunal Judicial de Valongo

Foto BE/VALONGO
Foto BE/VALONGO

O candidato do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara Municipal de Valongo, Eliseu Pinto Lopes, visitou ontem o Centro de Emprego de Valongo e visita hoje o Tribunal Judicial da mesma cidade.
O candidato, aponta o BE, «esteve na fundação do Movimento pelo Tribunal de Valongo e tem sido uma das vozes activas na denúncia das más condições daquele tribunal e na construção de um edifício condigno. Embora só recentemente tenha sido divulgada a localização e o projecto do novo edifício do tribunal, o candidato considera um absurdo a opção de implantar o referido edifício no meio de quatro torres, de sete andares cada uma, destinadas a habitação e comércio, tudo em pleno centro da cidade de Valongo. Será uma muralha de prédios com um impacto visual brutal numa cidade com milhares de habitações devolutas e castigada pelo caos urbanístico gerado nos últimos anos, onde os interesses dos lóbis imobiliários continuam a falar mais alto».
Segundo Eliseu Pinto Lopes, estas visitas afirmam uma das prioridades da candidatura, «a aposta na qualidade dos serviços públicos prestados no concelho e que não se resolvem apenas com a instalação de uma “mini” ou “hiper” Loja do Cidadão, em Ermesinde, como tem sido defendido por outros candidatos».
O cabeça-de-lista do BE à Câmara entende que o município de Valongo «revela graves carências em muitos dos serviços públicos que servem a população em áreas essenciais como a saúde, a justiça, a educação, a segurança, entre outras. Estas carências prendem-se com diversas razões, sendo uma delas, a falta de empenho do executivo camarário nesta matéria». Não hesita, por isso, em acusar o executivo do PSD, liderado por Fernando Melo, «de apenas se preocupar com os interesses do sector privado que dão lucro a alguns e de desprezar o serviço público que deve ser de todos e para todos». E dá como exemplo a reclamação, há décadas, da «melhoria das condições de funcionamento dos centros de saúde de Campo e de Alfena, com o Executivo «a desdobrar-se em desculpas por nada ter feito, quando nas mesmas freguesias apadrinha o aparecimento dos Hospitais Privados de S. Martinho e de Alfena, tendo anunciado, recentemente, a instalação de mais um hospital privado e um hotel na urbanização Fonte da Senhora. Estes negócios apenas servem os interesses de alguns e destinam-se a uma minoria de pessoas com capacidade financeira, mas a maioria da população não tem acesso a estes serviços».
«A “febre da privatização”...», diz ainda o candidato bloquista, «...tem levado o Executivo a fazer negócio com tudo aquilo que deveria ser público com o prejuízo dos valonguenses que, todos os meses, pagam caro por esses serviços, como acontece com as águas, o saneamento e os resíduos sólidos».
Na visita ao Centro de Emprego de Valongo, Eliseu Pinto Lopes procurou aferir o diagnóstico do desemprego no concelho tendo em conta os dados mais recentes. O candidato refere que «o desemprego é uma situação preocupante resultado do sucessivo encerramento de várias empresas no concelho como aconteceu com a Lear». Eliseu Pinto Lopes espera ver infelizmente confirmados os dados do Bloco de Esquerda que apontam para um acréscimo de 25% do número de desempregados no concelho, entre Abril de 2008 e Abril de 2009. Refere ainda que o Bloco «tem reclamado atenção dos responsáveis políticos nacionais e locais para esta difícil realidade, como aconteceu, por exemplo, na marcha contra o desemprego e com a actual campanha contra o desemprego no distrito do Porto».


in "A Voz de Ermesinde" de 10/07/2009

 

publicado por eliseupintolopes às 15:31
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Dez Prioridades do Bloco de Esquerda no Concelho

    

1ª Combate à crise social através da acção da Câmara;

 
2ª Concretização de um Programa de Políticas Municipais de Apoio aos Jovens e aos Idosos;
 
3ª Aposta na qualidade dos serviços públicos prestados no município;
 
4ª Captação de investimento para o concelho e criação de emprego;
  
Incentivo e valorização do associativismo e das colectividades locais;
 
6ª Ordenamento do território e orçamento participativo;
 
7ª Recuperação e conservação do Património Histórico e Natural como promotores do Desenvolvimento Local;
 
8ª Dinamização do Comércio Tradicional e do Turismo;
 
9ª Políticas activas de promoção cultural e qualidade de vida;
 
10ª Municipalização dos serviços públicos essenciais.

 

publicado por eliseupintolopes às 18:18
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

Caminhada à Serra de Santa Justa

 O Grupo de Pedestrianismo de Ermesinde - Terra Verde promoveu no dia 9 de Maio, o 1.º  Encontro de Pedestrianismo da Serra de Santa Justa. Estive presente no evento como convidado e tive a oportunidade de constatar a magnífica beleza da paisagem local.

 

Durante parte do percurso tive também a oportunidade de ouvir as preocupações de algumas das cerca das 70 pessoas presentes. De facto, ao longo do percurso, são evidentes alguns pontos de degradação, sobretudo, devido à existência de lixo e de detritos nas bermas dos caminhos e nos leitos dos rios Simão e Ferreira. Na passagem pela aldeia de Couce constatei um cenário idêntico. Esta situação é de lamentar ainda para mais numa altura em que a Câmara Municipal promove caminhadas no corredor ecológico. Entendo, por isso, ser fundamental a permanente manutenção da limpeza deste local complementada com maior vigilância e sensibilização das pessoas para a importância da preservação  deste riquíssimo património paisagístico e ambiental. 

 

 Outro aspecto que me chamou atenção foi a existência de inúmeros telhados de zinco e doutros materiais nas casas da aldeia de Couce. Estes telhados descaracterizam os traços originais das habitações e deviam ser substituídos.

  

Outra questão igualmente importante prende-se com a pouca, e em alguns pontos, total ausência de sinaléctica durante o percurso. Nesta matéria seria importante a homologação do trajecto pela Federação Portuguesa de Montanhismo, o que implicaria a adopção da sinaléctica uniformemente utililizada em todos os percursos reconhecidos ao nível nacional.

 

Defendo, por isso, um maior empenhamento da Câmara Municipal de Valongo na salvaguarda desta zona, promovendo o seu potencial turístico mas sempre com um especial cuidado na preservação daquele que é considerado o maior pulmão verde  da área metropolitana do Porto. Álias, as serras de Santa Justa, Pias e Castiçal reúnem todas as condições para integrarem a Rede Nacional de Áreas Protegidas, sendo este um dos objectivos desta candidatura e pelo qual lutarei com determinação.    

 

publicado por eliseupintolopes às 11:48
link | comentar | favorito

> mais sobre mim

> posts recentes

> Serviços públicos e desem...

> Dez Prioridades do Bloco ...

> Caminhada à Serra de Sant...

> tags

> advogado(3)

> alfena(2)

> alternativa(3)

> ambiente(4)

> apoio(1)

> apresentação(1)

> assembleia municipal(1)

> associações(5)

> associativismo(2)

> autárquicas(1)

> bloco(14)

> blog(1)

> câmara(8)

> caminhada(1)

> campanha(5)

> campo(3)

> candidato(9)

> candidatos(4)

> candidatura(6)

> carta(1)

> cidadãos(2)

> colectividades(3)

> comunicação(1)

> comunicado(1)

> concelho(6)

> confiança(1)

> crise(2)

> democracia(1)

> desemprego(3)

> discurso(1)

> ecologia(1)

> emprego(1)

> esquerda(1)

> executivo(1)

> expoval(1)

> feira(3)

> freguesia(2)

> hospital(1)

> imprensa(4)

> iniciativas(2)

> internet(1)

> jovens(5)

> junta(1)

> juventude(2)

> mensagem(2)

> mobilidade(1)

> opinião(1)

> participativa(1)

> presidente(2)

> prioridades(3)

> programa(4)

> santa justa(1)

> saúde(5)

> serviços públicos(8)

> tribunal(2)

> urbanismo(4)

> valongo(11)

> vídeo(1)

> voto(1)

> todas as tags

> últ. comentários

Tem razão Fátima Macedo, subscrevo na integra o se...
Uma cidade que tinha tudo para crescer em condiçõe...
Bom diaAntes de mais venho dar conhecimento que es...
Caro Eliseu LopesEste comentário não é mais nem me...
Promessas e vergonhaO primeiro-ministro, ou o secr...

> links

> Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


> arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> pesquisar neste blog

 

> Contactos

tel./fax: 224210445 eliseulopes@sapo.pt bevalongo@sapo.pt

> subscrever feeds